AJUPM | CENTRO DE APOIO AOS POLICIAS MILITARES

Bahia:

Polícia identifica autores de morte de sargento da PM

Fevereiro 07
10:58 2018

 

Françual Manoel dos Santos foi primeiro PM morto na Bahia em 2018

Três homens envolvidos na morte do PM Françual Manoel dos Santos, na madrugada de 03 de fevereiro, em Eunápolis, no Sul do estado, foram identificados pela polícia. São eles: Bruno Conceição de Souza, 20 anos, conhecido como Sherek, Pedro Vinícius dos Santos, 22, de apelido Bochecha, e Vilson Sacramento Oliveira, 23. De acordo com a polícia, Vilson foi morto em um confronto na noite de sábado (3). Bruno e Pedro, no entanto, continuam sendo procurados.

Outro suspeito de envolvimento na morte do policial, Carlos Andrade de Jesus Chagas foi morto ainda na madrugada. O caso aconteceu durante uma abordagem a um veículo suspeito na Rua Lua Nova, em Eunápolis. Houve troca de tiros e, no confronto, o sargento Françual e o suspeito Carlos morreram. Essa foi a primeira morte de PM registrada na Bahia em 2018.

De acordo o comandante da Cipe/Mata Atlântica, major Ronivaldo Pontes, uma denúncia anônima levou os policiais ao imóvel onde Vilson se escondia, no distrito de Pindorama, em Porto Seguro. “A divulgação das imagens na região e a participação popular com denúncias foram fundamentais para chegarmos à localização de Vilson, que, mais uma vez, tentou contra a vida dos policiais”, contou o major.

Ainda segundo ele, após o confronto, um revólver calibre 32 com três cartuchos deflagrados e outros três intactos foram apreendidos e apresentados na Delegacia de Porto Seguro.

À frente das investigações da morte do sargento, o titular da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior, delegado Moisés Damasceno, mantém as equipes investigativas na busca pelos envolvidos desde o crime. “Estamos com diligências ininterruptas na busca por esses criminosos, que costumam atuar não só em Eunápolis, mas também são vistos em Porto Seguro e Belmonte”, afirmou.

Qualquer informação sobre a localização dos foragidos deve ser enviada às polícias através do Disque-Denúncia (71) 3235-0000 para ligações de Salvador e 181 no interior, ou via Centro Integrado de Comunicações (190).

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados **

Artigos populares

João Pessoa:

0 comentarios

Recife:

0 comentarios

Piaçabuçu:

0 comentarios

Camacã:

0 comentarios

Paraíba:

0 comentarios

Danos materiais:

0 comentarios

Salvador:

0 comentarios

Inativos:

1 comentarios

Bahia:

0 comentarios

Patos:

0 comentarios

Categorias