AJUPM | CENTRO DE APOIO AOS POLICIAS MILITARES

FINANÇAS

Crédito ao consumidor fica mais caro e a inadimplência dá salto

Junho 15
00:00 2011

Entre abril e maio, a inadimplência do consumidor apresentou uma
elevação de 8,2% – terceira elevação mensal seguida e a maior desde
março de 2010 –, de acordo com a Serasa Experian. O preocupante cenário
pode ser explicado por dois outros indicadores recentes.

 

No último mês, a procura por crédito
para o consumo apresentou um aumento de 11,2%, de acordo com a mesma
Serasa. Some-se a isso o aumento da taxa de juros em cinco das seis
principais linhas de crédito para pessoa física, o que elevou a média
praticada no mercado de 6,81% ao mês para 6,87%, segundo a Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac).

Tempos
difíceis para quem busca crédito, não há dúvidas, que podem se tornar
ainda mais complicados sem o devido cuidado na escolha da melhor linha
de crédito. As taxas médias cobradas entre diversas operações varia de
2,42% no crédito direto ao consumidor (CDC) até 10,69% no rotativo dos
cartões de crédito, segundo a pesquisa de juros da Anefac.


Tomando-se como exemplo essas taxas, um empréstimo de R$ 2 mil,
parcelado em 24 meses poderia custar no fim do período R$ 2.660,16 no
CDC, ou R$ 5.622,48 no cartão. A calculadora  mostra que quem escolhe a
segunda opção vai pagar R$ 2.962,32 a mais, o que representa duas vezes e
meia o valor tomado de empréstimo.

“Só compro à vista agora”, avisa o segurança Marcos Souza, 33 anos, após uma malsucedida operação de compra com o
cartão de crédito. Segundo ele, o computador de R$ 900 à vista foi
parcelado no rotativo do cartão e acabou saindo pelo dobro do preço.
Aprendeu a lição, e agora a nova geladeira cobrada pela esposa será
comprada à vista. “Vai ser cara porque ela quer a mais moderna, que não
sai escorrendo gelo pela casa, mas vou comprar à vista, com um dinheiro
que guardei e o adiantamento de parte do 13º”, explica.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados **

Artigos populares

Recife:

0 comentarios

GAP V:

0 comentarios

BGO:

0 comentarios

Antiguidade:

0 comentarios

Ato de bravura:

0 comentarios

Alagoas:

0 comentarios

GAP V:

1 comentarios

Bahia:

0 comentarios

Categorias