AJUPM | CENTRO DE APOIO AOS POLICIAS MILITARES

Campina Grande:

Claro é condenada a indenizar associado por negativação indevida

Novembro 28
13:01 2019

O 3° Juizado Especial Cível de Campina Grande deferiu a tutela de urgência pretendida pela BRAJUPM, em nome do associado D.S.A., para determinar que a operadora Claro S.A. exclua o nome do sócio dos cadastros de proteção ao crédito, no prazo de cinco dias, sob pena de multa de R$ 500,00 limitada a R$ 5 mil. O escritório de Campina Grande acompanha a causa que trata de fraude realizada em nome do militar no Rio Grande do Norte, o que acarretou na sua inscrição em órgãos de proteção ao crédito.

O policial precisou fazer um financiamento de um veículo e descobriu, para sua surpresa, que existiam várias dívidas inscritas em seu CPF junto ao Serasa, todas oriundas da empresa citada. Ocorre que o sócio nunca residiu ou possui qualquer endereço no Rio Grande do Norte e informou isso ao entrar em contato com a Claro. Entretanto foi informado que haviam contratos firmados em 2010 e em 2017 no seu nome, mostrando o total descaso da empresa com seus contratos. Como não houve solução por vias administrativas, a BRAJUPM deu o suporte para que o sócio buscasse seu direito e agora aguarda o cumprimento da decisão. 

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados **

Artigos populares

João Pessoa:

0 comentarios

Pernambuco:

0 comentarios

Pernambuco:

0 comentarios

AVISO:

0 comentarios

Paraíba:

0 comentarios

Bahia:

0 comentarios

Alagoinhas:

0 comentarios

Alagoas:

0 comentarios

Paraíba:

0 comentarios

Categorias