AJUPM | CENTRO DE APOIO AOS POLICIAS MILITARES

Hoje

Brasil pega a Itália para manter marca sobre rival e quebrar jejum

Março 21
00:00 2013

 Juntos, Brasil e Itália têm nove títulos mundiais; recordistas em Copa com cinco e quatro taças. Hoje, as seleções mais tradicionais do planeta se enfrentam, às 16h30 (hora de Brasília), na Suíça.

O retrospecto recente está do lado canarinho. Desde a fatídica derrota de Sarriá, por 3x2 na Copa de 82, o Brasil não perde para os italianos.  De lá pra cá foram cinco encontros, com três vitórias e dois empates pra Seleção.

Mas os números recentes também pesam contra a turma de Felipão. Desde a eliminação diante da Holanda, na Copa de 2010, na África do Sul, o Brasil, com o time principal, não vence uma seleção campeã mundial. Perdeu os cinco jogos que disputou no período: Argentina (1x0 e 4x3), França (1x0), Alemanha (3x2) e Inglaterra (2x1).

Chance de manter um tabu e acabar com outro. “Brasil não perde para a Itália desde a Copa de 82. A gente tem de manter esse tabu, ganhar, apresentar um bom futebol e convencer acima de tudo”, disse Julio Cesar.

O técnico está com o mesmo espírito do goleiro. Após reestrear com derrota por 2x1 para a Inglaterra, Scolari sabe que precisa jogar bem, e acima de tudo, vencer. Para isso, mudou o time. Armou o Brasil com três atacantes: Hulk, Neymar e Fred. No meio, apenas um volante pegador, Fernando, do Grêmio. Hernanes compõe o meio e Oscar é o responsável por armar as jogadas ofensivas. Por outro lado, para dar uma segurada, o lateral-esquerdo Marcelo e o meia Kaká, ambos do Real Madrid, começam no banco.

Itália
Os italianos sofreram um susto na chegada à Suíça. Um raio atingiu o avião da delegação logo após o pouso em Genebra. “Desafio qualquer um que estava no avião a dizer que não sentiu medo”, disse o técnico Cesare Prandelli, que pregou respeito ao Brasil. “Vamos enfrentar uma equipe de qualidade técnica impressionante”.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados **

Artigos populares

Bahia:

0 comentarios

Recife:

0 comentarios

GAP V:

0 comentarios

BGO:

0 comentarios

Antiguidade:

0 comentarios

Ato de bravura:

0 comentarios

Alagoas:

0 comentarios

GAP V:

1 comentarios

Categorias